PROGRAMA DO COLÓQUIO

Dia 18
09h00 — Entrega da documentação
09h30 — Sessão de Abertura
— Fernando Catroga (FLUC) — “Pátria, Nação e Nacionalismo”.
— Patrick Chabal (King’ College) — “Imagined Modernities: community, national and state in postcolonial Africa”.
Pausa de 10 minutos
— Ângela Benoliel Coutinho (doutora pela Universidade de Paris) — “Imaginando o combatente ideal do PAIGC: a construção dos heróis nacionais na imprensa do pós-independência na Guiné-Bissau e em Cabo Verde”.
— Victor Barros (Mestrando e doutorando da FLUC) – “As «Sombras» da revista Claridade: entre o discurso de integração regionalista e a retórica nacionalista”.
Almoço
14h30
— Julião Soares Sousa (doutor pela FLUC, bolseiro de pós-doutoramento da FCT, colaborador do CEIS20) — “A reinvenção da Nação nos discursos de Amílcar Cabral”.
— João Tiago Sousa (Mestre em História Contemporânea FLUC) – “Eduardo Mondlane: resistência e revolução (1920-1969)”.
— Mariana Lagarto dos Santos (doutoranda da FLUC, colaboradora do CEIS20) — “A escola e a ideologia colonial. Contribuição para a formação das nacionalidades africanas de expressão portuguesa”.
Pausa de 10 minutos
— Nuno Porto (Departamento de Antropologia – FCTUC) — “Artes da nação: colonialidade, políticas e mercados das artes em Angola e Cabo Verde”.
— Sérgio Neto (Mestre e doutorando em História Contemporânea pela FLUC, colaborador do CEIS20) — “Insularidade, idiossincrasias e imaginação. Representações de Cabo Verde no pensamento colonial português”.
Debate das comunicações
Dia 19
10h00
— Fernando Pimenta (doutor pelo Instituto Europeu de Florença, bolseiro de pós-doutoramento da FCT, investigador do CEIS20) – “O Nacionalismo Euro-Africano em Angola: uma Nova Lusitânia?”.
— Liliana Inverno (Doutoranda da FLUC) — “A transição de Angola para o português vernáculo: uma história sociolinguística”.
Pausa de 10 minutos
— José Carlos Venâncio (UBI) —”Nacionalismo e pós-nacionalismo na literatura angolana. O percurso de um dos seus escritores mais emblemáticos: Pepetela”.
— José Luís Pires Laranjeira (FLUC) – “A poesia de Agostinho Neto como documento histórico do projecto de construção nacional pelo MPLA”.
Almoço
15h00
— M. Laranjeira Rodrigues Areia (Departamento de Antropologia – FCTUC) — “A diversidade cultural e a construção do Estado-Nação em Angola”.
— Alda Neves (ex-adida cultural da embaixada de Portugal em S. Tomé e Príncipe) – “A autora do Hino Nacional de S. Tomé e Príncipe. Marcas de nacionalismo na poesia de Alda Espírito Santo”.
Pausa de 10 minutos
— José Luís Lima Garcia (ESE da Guarda / CEIS20) — “O mito de Gungunhana na ideologia nacionalista de Moçambique”.
— Luís Reis Torgal (FLUC / CEIS20) — Conclusões: “As Comunidades Imaginadas. Reflexões metodológicas sobre o estudo dos nacionalismos africanos”.